chovendo delícias

chovendo delícias

Não tortura-te
frágil fruto amora
que logo adentro a ti

Estive pele afora
percorrendo tuas coxas
e chovendo delícias
na tua boca

wasil sacharuk


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Esse site é apoiado por INSPIRATURAS