Sabes, Amora, eu deveria pensar em não chover mais em ti, mas isso não importa se usas guardachuva. Amora, não tenho capa sequer uso luvas, saíram de moda. E se te incomoda tu te apartas dos pingos da chuva, te resguardas no abrigo se minha chuva te molha. Mas vai, vai Amora, leva a cadeira e teu maldito guardachuva, senta lá fora sem roupas. Mas naquela hora, amada Amora, eu bem sei que tu ficas louca se eu mergulho nos teus olhos em cântaros. Amora, vejo sóis se chovo em tua boca.

Cárcere Curitiba 3

Cárcere Curitiba 3

Calamar Cachaceiro conseguiu com Comandante Carcerário convite chamando Calamarzinho  conhecer cela com colchão comum.
Calamarzinho, congênita cria Calamar com criatura colocada caixão, começou catando cocô, contudo conseguiu chegar cargo CEO com corporações comerciais consideráveis. Comprou companhia comunicações, comprou cervejaria...

Conforme Calamarzinho chegou, Calamar começou confabular:

- Calamarzinho, caro congênito, com cartão crédito Caixa, compre celular com cinco chips, com carga cheia, com câmera chelfs.

- Câmera chelfs?

- Certo, cumpanhero Calamarzinho. Com câmera chelfs Calamar colocará circular cara carente com cuidados,  como Calamar cobre corpo com cobertor, como Calamar coloca cabeça colchão comum, como Calamar caga com cagatório conjugado, como Calamar conduz campanha com celular conversando com coordenadores. Calamar conquistará comiseração criaturas comuns, colaborando com candidatura.

- Comprarei, caro camarada.

- Caralho, Calamarzinho. Camarada confere com coisas comunistas. Continua calado, catador cocô!

wasil sacharuk


Postar um comentário
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Esse site é apoiado por INSPIRATURAS