Lua Nova e poesia

Lua Nova e Poesia

cupido
sempre erras as flechadas
sempre
então fico sozinha

cupido
que trazes para mim?
nada

e nada
sempre
o mesmo verso
na mesma linha

ah meu cupido
teus erros
me fazem desenganada
assustada
com o fato
de morrer sozinha

lanças pontas entortadas
que se perdem errantes
com suas mochilas
na margem da estrada

cupido
choro misérias
não peço mais nada
estou um trapo
sem rima sem linha
sem musa ou valia

que faças em mim novo amor
a brotar da tua seta encantada
quando raiar novo dia

ou permanecemos nós três
eu, tu e o amor
sem ninguém nem mais nada
a habitar Lua Nova e poesia

wasil sacharuk

dd791bb7b75b0b0c6e7428a1fed28647
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Esse site é apoiado por INSPIRATURAS