Fé demais

Fé demais

Teimoso era o burro
do Teodoro
batia cabeça dura
nas tábuas da baia
logo após desmaiava
durinho da silva

Teodoro
tentava bocaboca
simpatia
recitava poesia
reza forte
salvava o burro da morte

Certo dia
montou o quadrúpede
e orou
pediu para deus
por um tanto de sorte

recém ressuscitado
o animal vacilão
bateu de novo a cabeça
lançou Teodoro à distância
que espatifou-se ao chão

jazia Teodoro na contramão
atrapalhando o trânsito

O burro
filho de égua e jumento
não mais do que burro
só desmaiou
mas ainda viveu

Teodoro
além de burro é simplório
logo morreu

moral da estória:
mais burro que burro
é quem esperou por glória
confiou na vitória
mas só se fodeu

wasil sacharuk

BydPzI5IUAARKPy