amargo 69

amargo 69

amarga-me
a recolhida língua
à dormência
captura de essências
do limão e do sal
absinto

desidrata na cal
meu toque áspero
tempero-te
de agridoce atrito
de suor e fluído
vinagrette
de amor seminal

desliza e arde
contorcida língua
nas gotículas de  pele
no cheiro da febre
óxido de ferro
e ph vaginal

wasil sacharuk

dddd

Esse site é apoiado por INSPIRATURAS