patrocinador

Passava e pensava

Passava e pensava

Eu passava roupa
e pensava a ferro
ele assistia
sexo e futebol
e me chamava de louca

eu só queria amor
miséria pouca
é bobagem
eu passava
e pensava
em arrumar a bagagem

eu passava
diante dos olhos
ele não me via
e eu pensava
em morrer todo dia

eu pensava
ele não passava
e sempre dizia:
poetisa pretensa
só pensa em poesia.

Wasil Sacharuk