Dos ciclos da ressurgência

Dos ciclos da ressurgência

Depois da erupção
resta agora fumaça
há pedras quentes
no chão
onde passas

as coleciono
para um dia
caso falte poesia
eu possa quebrar 
teu espelho
rachar 
teu raro sorriso
espatifar
teus olhos fundidos
às chamas do inferno

e espero 
pela próxima ressurgência
para rever minha essência
redescobrir meu mistério.

wasil sacharuk

Hudson Pontes - O Globo

Inspiraturas