Seara

Sacrifício

Sacrifício

aquieta
teu coração aflito
deixa algo bonito
nada complexo
a notícia
uma publicação
em versos
sem subterfúgios
ou adornos

deixa tudo aos amigos

exponha o verbo
aos transtornos
ao perigo
ao inferno
conjuga-o nu
para que capture
a veia pulsante
que flui ao termo
no instante
de cada suspiro

tenha a poesia
a brindar-te
o sacrifício
que te cabe.

wasil sacharuk