Seara

Cura

Cura

A agonia irrompe
das searas
e respira sombras
na terra plasmadas

dor que seca
o viço dos sulcos
vertentes das seivas
enquanto o tempo
se sara
no remanso

a vida pousa
por uma estação
quando ventos
varrem as folhas
e o tempo
embala o descanso.

wasil sacharuk