Tu vês?

Imagem: Auguste Rodin - Musée Rodin, Paris, France


Tu vês?

não apenas me olhes
me entres
bem no fundo
consegues?

percebas minha face
meus traços
delineie minhas rugas
tu vês?

toques minha barba
a mistura de cores
todas as que tive
do vermelho ao branco
entre castanhos diversos

mas gosto dos brancos
veja-os
tal viste aos tempos
em cada fração
um desígnio

e meu charme
tão especial
remonta à histórias
que o tempo vai te contar
histórias comuns
que constroem um homem
do tipo real.

Wasil Sacharuk