Não importa

fotografia de Andréa Iunes

Não importa

Minha velha porta
encerradas memórias
enquanto presas as histórias
do meu passado

mas não importa
o passado era fechado
com um triste cadeado

Minha velha porta
trancafiados mistérios
e segregados deletérios
daquilo que sinto

Mas não importa
o que sinto foi extinto
na frieza do trinco

Minha velha porta
obstruídas paisagens
e impedidas passagens
à minha clausura

Mas não importa
a clausura não cura
as dores da fechadura.

Wasil Sacharuk