Respirando as cores do vento

Respirando as cores do vento

Amigo, senta aqui comigo
vamos conversar?

vamos falar da vida e das dores
e dos amores que temos
e dos que ainda queremos conquistar?

Que tal um pouco de nostalgia...
uns dez anos de melodia 
e mais um tanto de poesia?

E se faltar algum brilho
vamos pintar o ostracismo
com faces de novidade?

Amigo, vamos sair juntos
para caminhar?

Desbravar a rota das flores
margaridas e crisântemos
respirar todas cores do ar

Até que amanheça o dia
outro dia e outro dia
palavreando sem pensar

E se faltar luz
vamos incendiar a tristeza
com faíscas de amizade.

Márcia Poesia de Sá e Wasil Sacharuk