Ao meu menino


Ao meu menino

No sábado te beijei enquanto dormias
para sonhares sob proteção
trocarmos raciocínios e poesias
que eu possa sempre pegar tua mão

Então eu quis 
beijar meu amigo
e que tenha toda 
a força da canção
e terei certeza que consigo
e que nunca mais 
volto a crer que não

Eu quero que tu ames as coisas simples
que todos sintam o transe do teu vinho
que entendam as essências dos teus males
para que aprendas a não andar sozinho

E pela manhã, o sol 
te aqueça a fronte
e jamais te falte 
o poder de decisão
que tenhas sempre 
nortes e horizontes
e o dom de ver
além da visão

E tu então serás para sempre meu menino
para muito além do fim dos meus dias
nutrido com o melhor do meu amor infinito
embalado nos desafinos das nossas melodias

Então eu quis
te ver dormindo
e descansar
mais um segundo
então eu vou 
te ouvir sorrindo
o sorriso mais lindo
do meu mundo.

Wasil Sacharuk

Inspiraturas