Shantala



Shantala

Teus gestos vibram nuanças
a espargir harmonia
deslizam sutilezas mansas
onde as nascentes de energia
jorram por sobre hemisférios

Tuas mãos aquecem mistérios
nas temperaturas mais frias
a amar essas vidas crianças
que avançam na esteira dos dias
em busca de paz e confiança

Teu toque descobre esperanças
sob as incertezas sombrias
num ritmo suave de dança
de mãos que transcendem poesia

Wasil Sacharuk

Inspiraturas