patrocinador

Esse mote que te move


Esse mote que te move

Não entendo as bulhufas
desse mote que te move
poeta amada e insana
ainda te espero na cama

não sei o quanto podes
mas sinto que me empurras
contra as verdades mais puras
das estruturas que implodes

não sei o quanto és humana
sequer compreendo tua gana
até que gosto se me fodes
quando ensaias tuas torturas

minhas certezas são tão burras
mas as vontades são mais fortes
até sei que o sangue inflama
quanto tu dizes que me amas

sei que podes ser tão rude
e ainda penso que és a cura
contra as doenças mais sujas
onde deitei a minha morte.

wasil sacharuk