Acaso quisesse morderia

Acaso quisesse morderia

Acaso quisesse
engoliria o parceiro
até o teto do céu
gosto agridoce
leite com mel

talvez fosse
heroína no corcel
a montá-lo inteiro
galope ligeiro
crinas nas faces

os medos recriam enlaces
histórias sem roteiro
do mundo cruel

e ainda
se quisesse
faria pedaços do parceiro
para cumprir o papel

de morte
com cheiro de noite
de sorte
com gosto de fel

wasil sacharuk

acasoquisessemorderia