Eutanásia

Eutanásia

A ti eu abri uma porta
e somente isso importa
já que pedias passagem
desliguei os botões
mandei o ar dos pulmões
soprarem as asas
na leveza da viagem
para tua nova morada

Joguei-te à própria sorte
no golpe do último corte
soltei a tua ancoragem
e baixei a pressão
que forçava o teu coração
a bater sem palavras
sem ritmo e sem emoção
bater a troco de nada

E por um momento
acreditei
aliviar teu sofrimento
e também o meu
talvez disseste amém
talvez eu disse adeus.

Wasil Sacharuk

Inspiraturas