Meus versos bisonhos

Meus versos bisonhos

Se não fossem versos
tão renitentes, morena
eu os dava de presente

conhecerias meu universo
de trás para frente
as operações do meu sistema

morena, te garanto:
meu mundo é diferente
isso não é uma surpresa

fiquei amarrado à beleza
de um poema mui quente
o teu vale dos sonhos
são versos resplandescentes

(morena, eu tenho certeza
que os meus são bisonhos)

acaso queiras recitar
faça como quem chega
e não avisa

dispense a delicadeza
mas mantenha o sorriso
de brisa.

Wasil Sacharuk

Inspiraturas