patrocinador

Ao poeta gaúcho

Ao poeta gaúcho

Gaudério amigo
entre esse ceu
e essa terra
há tantos desvãos
e compartimentos

Cada qual tem momentos
cada qual seu papel
singular dimensão
outro tempo

hoje sei quem te traz
é o vento
mensageiro
do enlace das horas

mas se um dia
tu fores embora
o sopro do minuano
buscará a rima do hermano
num corte mais lento
anunciará o fim
triste fim
de toda uma história

e tu já és parte da flora
és fauna
e primavera
minha referência
meu artista
e amigo
que vivas cada experiência
não desista
e conte comigo

enquanto prossigo
compartilho a ânsia da espera
da chegada de Arthur
benvindo gauchinho
e então
não te sintas sozinho
nosso laço
é atado na terra
e nosso espaço
é um universo
recheado de poesia

ainda chega o dia
pois, tu sabes, irmão
essa sina é uma esfera
que te espero
de porteira aberta
trago e chimarrão.

Wasil Sacharuk