patrocinador

Urdidura



Urdidura 

Contaste segredos em versos 
universo onde mora teu medo 
o anverso dos teus arremedos 
o degredo dos risos dispersos 

Perdeste a mão em teus nexos 
sem aviso nem dó e nem razão 
improviso ou sequer escansão 
canção dos destinos perplexos 

Costuraste remendo ao avesso 
um enredo em tecido espesso 
sem ritmo sem tino e nem rima 

Paraste o coração em protesto 
clamando atenção nesse gesto 
ridículo e de baixa autoestima. 

Wasil Sacharuk