A beleza é o reflexo da alma – acróstico

A beleza é o reflexo da alma - acróstico

Ah, ninguém tem certeza

Beleza que põe mesa
E não põe
Lavada da cara a impureza
E consome
Zomba da própria realeza
Ao espelho que nega e some

E quando pega de assalto

O preço é mais alto

Rir do que há no espelho
Enaltece a ironia
Falar do que está desparelho
Louva a psicologia
Evitar os olhos vermelhos
X raio na luz do dia
Ora, nisso não há poesia

Descobriremos no ato
A lógica do inexato

Alma que traz alegria
Liberdade e felicidade
Manufatura da iguaria
A beleza de verdade.

Wasil Sacharuk

Inspiraturas