patrocinador

Que se entenda ou se dance


Que se entenda ou se dance

A qual diabo que serve
todo o brilho de verve
que se consome faceiro
no óleo do candeeiro?

Fosse coisa de  momento
porém todavia contudo não é

Todo dia sai um rebento
trazido pela maré
sem dificuldade...

e o meu pensamento
é alugar um chalé
no centro da cidade
de São Lourenço
sem rádio nem tevê

Alto do chão de tão leve
que o espírito se atreve
se insinua arteiro
abre as portas do puteiro

Fosse coisa de momento
mas porém contudo não é

É o desejo sedento
ou profissão de fé

será fogo que arde
ou sopro do vento
e qualquer outro clichê
que me cause alarde
pelo entendimento
ou pela batida do pé.

Wasil Sacharuk