patrocinador

Essa Vida Vedete Na Clausura



Essa Vida Vedete Na Clausura 

Se essa sina cumpre trajeto 
degringola em dança confusa 
agarrada atrofia os sentidos 
despenca requebros aturdidos 

Emoção turva e mente obtusa 
no espaço da dor e desafeto 
jardim sem flor, incompleto 
sequer aceitação ou recusa 

Ah! Tanto tempo adormecido 
a saldar haveres indevidos 
desviar dos olhares da musa 
esquecer os desejos secretos 

Eis que a vida passa por perto 
nem sempre essa mente acusa 
como se tampasse os ouvidos 
lamentasse os motes perdidos 

E quem salva a alma reclusa 
dos envolvimentos discretos 
proporcionalmente diretos 
a essa alienação tão escusa? 

Wasil Sacharuk