patrocinador

O Texto

O Texto

Derramei tudo que havia
no cerne,
no meio,
no vácuo,
no senso.

Amálgama dissolvido
infame,
feio,
inócuo,
nojento.

Descobri meias verdades
no fato,
no dia,
no céu,
na boca.

Argumento distorcido
inexato,
à revelia,
sem véu,
sem roupa.

Mexi nas improbabilidades
do susto,
do medo,
do lixo,
da vida.

O sol, neste dia
era insosso,
arremedo
mas virou
poesia.

Juleni Andrade e Wasil Sacharuk