Para te conquistar, coordeno orações

Para te conquistar, coordeno orações

Te procuro, depois te acho
Te entregas, logo me escapas
te chamo, então te despacho
te enrolas, e assim me desatas

Quero paixão, ofereces motivos
me queres cristão, me faço herético
te peço uma vírgula, me dás conetivo
tu pedes ação, me apresento sindético

Eu leio tuas rimas, prefiro as bonitas
finjo que entendo, te deixo aflita
e me entrego, caio em subordinação

O que eu te escrevo, foge a tradição
faço amor, relevo a estilística
tua língua é padrão, falo sociolinguística
emendas períodos, eu coordeno orações

É a ti, morena, tenha certeza
que escrevo orações e faço rimas
para te possuir, provar tua beleza.

Wasil Sacharuk