patrocinador

O Contrabandista de Charuto

O CONTRABANDISTA DE CHARUTO

Siga a galope, não mire o rastro
Leva um xarope, ao Fidel Castro
Ao chegar em Cuba, fuma um
Antes passa por aruba, ao sul

Mas fuma charuto, não fuma pasto
conserta o semblante nefasto
levanta esse olhar de bebum
e sai atacando tal pitbull

"Bora", que o cavalo se afogou
Pois o mar do Caribe é violento
Hora de nadar, patife fedorento

Se em duas horas o barato passou
Viaje de novo mas não vá sozinho
leve outro poeta tapado de vinho.

Decimar Biagini e Wasil Sacharuk