patrocinador

Eremita


Eremita

Parece que foi ontem
mas talvez não
não vi nascer o dia
escrevendo poesia
com vodka e limão

Mas o que corta
o barato da noite
é a tal verve morta
enviuvado escritor
enlutado desertor
da sociedade

Quiçá foi ainda hoje
há algumas horas
a minha noção do tempo
enamorada pelo vento
juntou tudo e foi embora

Mas o que importa
se nem cheguei
perto da porta
não vi a cor
não senti a dor
da urbanidade

Se a noite de lua
já foi abreviada
confesso que não sei
não olhei para a rua
sequer vi mais nada.

Wasil Sacharuk