Desfile dos astros

Desfile dos astros

Todo o dia o sol se apronta
Veste uma luz ofuscante
Logo cedo, ele desponta
Bem corado e flutuante

O astro sempre presente
solitário em sua realeza
tem um brilho tão quente
que empresta à princesa

Toda noite a lua aprumada
Surge serena nas alturas
Com um doce jeito de fada
Trajada em tenra brancura

Do rei ela é a favorita
no eclipse irrompe intrusa
ilumina, seduz e orbita
com doce feitiço de musa.

Michelle Portugal e Wasil Sacharuk

Inspiraturas