Antagonismo Poético

ANTAGONISMO POÉTICO

Um motivo liberado
Um livre encarcerado
Um altivo juvenado
Um jovem travado

Contraditória dança
travestida em poesia
desregula a balança
inverte os critérios
ilumina os mistérios
troca noite pelo dia

Um mentir desvendado
Um revelado encoberto
Um existir mortificado
Um amordaçado liberto

Antiguidade criança
fusos unindo versos
na soltura da trança
e a certeza antagônica
surda e supersônica
focam rumos diversos

Fez-se o versificado
Na catarse do clamor
Tecer-se enovelado
Na base do amor.

Decimar Biagini e Wasil Sacharuk

Inspiraturas