patrocinador

O Sangue Consagrado

O Sangue Consagrado

Se era vinho velho
a conclave não sabia
indecifrável mistério
trazido na dança do rio
protegido em antigo barril

Nenhuma identificação
marcas de propriedade
e sequer uma menção
que revelasse a idade

No monastério, o burburinho
sobre a verdade do vinho
e prevaleceu certeza
que remeteu ao consenso
havia estranha beleza
naquele vermelho intenso

Quiçá fosse sangue sagrado
ou de anjo malogrado
ainda era apenas bebida
fluido da vida

Quiçá poção ou veneno
sob o aspecto ameno
atrativo, de fato
encantador ao olfato

Aos peritos coube o sinal
revestido em carvalho
curioso enigma
desafio para escrituras
e aos ditames da moral

Sob cruzes e alho
aos frades o estigma
do poder da criatura
sob o pretexto do bem
consagrou a idade do mal.

Wasil Sacharuk