patrocinador

QUANDO VOCÊ FOI EMBORA - acróstico

Quando você foi embora

Quando você foi embora
Um nó se fez desatado
A alma que um dia foi bela
Não tinha mais forma
Doces noites enluaradas
Ocultaram suas estrelas

Você foi embora, isso basta!
O poeta riscou às avessas
Com promessas mais vastas
E um voo sem pressa

Foi embora e levou a magia
O verso doeu em lamentos
Inverteu o mote da poesia

Embora...
Morri pelos mundos afora
Beirando entre o céu e a terra
Os quadrantes desabados
Reviravolta que encerra
A sina dos versos rimados.

Wasil Sacharuk