patrocinador

Conversão - Um Mito da Vida - ato I

Conversão - Um Mito da Vida - ato I

A compreensão era profundo oceano
que ancorava a nossa cumplicidade
beijo de amor era golfada de vento
galhos secos davam nós de amizade

Havia um elo entre homem e natureza
a era de plena inteireza e integralidade
sorriso criança deslizava na correnteza
e o sono sonhava certeza e felicidade

Os outros tempos trouxeram lamentos
sopraram as migalhas da instabilidade
conversão de culturas e instrumentos
fragmentos de dor e mediocridade.

Wasil Sacharuk
fevereiro2010