TEU ROSTO NO ESPELHO

TEU ROSTO NO ESPELHO - acróstico

Tua taciturna imagem, pai
Emerge do espelho da minha alma
Uma mescla de vigor e de calma

Refração única de nossas faces
O reflexo confunde os sinais
Soma de traços tão ancestrais
Tradução sucessiva de enlaces
O vínculo entre filhos e pais

No teu doce abraço, meu amigo
O carinho tácito, nosso abrigo

Eis que hoje somos refletidos
Sou tua sombra e tua herança
Percebidas além dos sentidos
Entre a espera e a esperança
Logo, talvez sejamos um, pai
Holograma de elos perdidos
O espelho remete à lembrança.

Wasil Sacharuk
janeiro 2010


Inspiraturas