patrocinador

QUANDO O POETA CHEGA NAS CASAS

QUANDO O POETA CHEGA NAS CASAS

O soneto sempre faz algum barulho
Seja irônico, engraçado ou de amor
Nossa arte é expressão e não entulho
E o poeta é um parceiro inspirador

Nossa cria trouxe-me orgulho
Já vejo o olhar atento do leitor
Cada soneto é um novo mergulho
Tu és artista, poeta, pai e professor

Já perdi o momento de ser pop
Mas fico feliz se a vaidade entope
Por isso vou na carona do amigo doutor

És também propagandista da NOP
E tua maturidade não requer ibope
Mas é algo que merece todo clamor


Wasil Sacharuk & Decimar Biagini
janeiro 2010