patrocinador

Gaita de boca

Gaita de boca

Quando eu era piazito
ganhei uma gaita de boca
do meu querido avô Wasil
na sua volta ao Brasil

Minha véia ficou louca
pois mais parecia um apito
oitava acima era um grito
oitava abaixo saia rouca

O meu cambicho cromático
num estojinho de plástico
ensinou-me o segredo da harmonia

E cada nota tocada
como saudade suspirada
hoje é rima na minha poesia.

Wasil Sacharuk
janeiro 2010