Estanque

Estanque

Se o verbo proferido
impregnar o futuro
ganhará corpo fluídico
como vulto no escuro

Como o destino
já foi escrito
num rolo de papel

Não haverá hino
e nenhum rito
que sustente o céu

Se o devir circunscrito
for outro refluxo perdido
Não haverá novo espírito
mais humano e comprometido.

Wasil Sacharuk
janeiro 2010