ENTRE NUVEM E CHÃO

ENTRE NUVEM E CHÃO

Amar é só uma crença
uma busca de motivo
é remédio e esperança
que não seja paliativo

Suportar a desavença
Nem mostrar o instintivo
É intermédio é a crença
É a emoção e o motivo

Canto o amor no refrão
na letra de uma canção
palavras gritam saudade

Lembrança que mora perto
Reinvenção da realidade
Completude no deserto

Wasil Sacharuk e Decimar Biagini
janeiro 2010

Inspiraturas