Flanando - acróstico

Flanando

Flutuo mil pés sobre a rua
Lancei minhas asas vadias
Asas abertas e alma nua
No colo da lua e no brilho dos dias...
Adormeci sobre o solo fecundo
Naveguei numa tábula vazia
Descansei sobre o mundo
Onde eu vi a sublime poesia.

Wasil Sacharuk