A cor dos sonhos

A cor dos sonhos

Dos sonhos guardei as cores
Sonhei debruçado na janela
Pintei as cenas de aquarela
Nas cores vivas dos amores

Senti o meu mundo mais belo
E vi imagens de pura alegria
Vivi um amor de linda poesia
Lembro que era o sonho amarelo

E no sonho que vi esverdeado
Um equilíbrio para a vida dura
No amor encontrei a cura
Que colou meus cacos quebrados

E tive um sonho de insanidade
Eu via meu rosto no espelho
Sob um filtro espesso vermelho
Que escondia a sensualidade

Também tive um sonho azul
Eu passei minha vida atrás
Encontrei nas terras do sul
O amor que me trouxe a paz.

Wasil Sacharuk
abril 2009

Inspiraturas