patrocinador

Outra Vida Barata

Outra Vida Barata

Como tolo se viu enroscado
numa maldita engrenagem
voluntário na carceragem
espírito dócil e ultrajado

Rendido às malhas do cinismo
se fez escravo do estatuto
comprou tanto lixo bruto
para servir ao capitalismo

E comemorou com a festa
e decoração para o bolo
vítima de engodo com dolo
cliente do que não presta

Desconheceu o azedo gosto
do seu hálito embriagado
ocultou o pateta enganado
sob a maquiagem do rosto

Trabalhou por um trocado
para gastar em bobagem
e viveu na libertinagem
com sentimento comprado.

Wasil Sacharuk
outubro 2009