Onde escondi o tesouro - acróstico

Onde escondi o tesouro

Ocultei na cozinha
No último setembro
Detrás das latas de sardinha
E só por isso ainda lembro...

Estará bem guardado
Sumariamente sumido
Com cuidado embalado
Obviamente escondido
Num papel estampado
Desenhado e colorido
Inacessível e lacrado

O tempo, como sempre, passa...

Talvez o segredo algum dia
Encontre significado
Sementes de poesia
Os dedos bolinam o teclado
Universo de pura magia
Resguardado tal tesouro
Onde moram poemas de ouro.

Wasil Sacharuk