patrocinador

Tolo Homem

Tolo Homem

Sobre os ombros o estigma
da eterna insatisfação
evitou conhecer o espelho
viveu a suplicar de joelhos
por uma oferta de pão

Apenas mais um tolo homem
nem notou que viveu no inferno
jurou odiar o demônio
e após contraiu matrimônio
a procriação e o respeito terno

Condenado à vida comum
como um medíocre enfadonho
por covardia evitou o temor
por pecado sonegou o amor
abraçado a um preceito medonho

Nem no Hades e nem no céu
disputaram sua triste presença...
tomou o seu rumo a pé
trilhou o caminho da fé
e morreu na indiferença.

Wasil Sacharuk