O silêncio do breu

O silêncio do breu

Luz ausente na escuridão
é ignição de mente obtusa
é o amor perdido de musa
aquela falta de inspiração

Distante das letras
por sob o véu
sem as canetas
nenhum papel

Breu que mora na escuridão
garantia de frio no inverno
é azul das nuvens do inferno
é o fogo de toda a criação

Distante dos cometas
por sob o céu
sem os gametas
nenhum menestrel.

Wasil Sacharuk
outubro 2009

Esse site é apoiado por INSPIRATURAS