patrocinador

Reincidente


Reincidente

No toque reincidente
No olhar penetrante
a malícia presente
a poesia convincente
de sentidos
nos ritos
dengosamente
carinhosamente
doloridos
entorpecidos
e pecado consciente
e o instante ardente
novamente
ardorosamente
incontido
acometido

Lavas desprendidas 
labaredas avermelhadas
dos teus vulcões
da tua fogueira
cativas nas repetidas
pulsam nas retorcidas
erupções
chamas vivas

Dhenova & Wasil Sacharuk