Porto seguro



Porto seguro

Naveguei com a poesia
num mar sem retrocesso
assumi o poeta impuro

Ofertei a minha mania
ao vento de sopro inverso
em um outro lado do muro

Atraquei toda a utopia
no cais desses versos
eis o meu porto seguro.

Wasil Sacharuk

Inspiraturas