patrocinador

Diário de bordo

Diário de bordo

Os anjos tocaram as trombetas
Comprei passagem no verão
Fui leve e planando num voo feliz
E não fui sozinha pois sou aprendiz

E com as amigas borboletas
Comparsas no voo amigo
Fizemos juntas um abrigo
Nos destroços de um velho cometa

Fomos donas da imensidão
Fugimos das quedas por um triz
Sobrevoamos crateras pretas
Camufladas nas noites cinzentas

Mas senti ondas calorentas
Quando trouxe o sol comigo
Eu não pretendo, mas consigo
Provocar as estrelas ciumentas

E eu mesma duvido do que fiz
Pousei em todos os planetas
E compreendi a minha vastidão
Quando abri as asas da razão.

Wasil Sacharuk