A Festa

A Festa

Nas tortas trilhas da menina
Com suas pegadas na areia
Encontraria a sua sina
Numa estranha caixa cheia

Nenhum confete e serpentina
Nem mesmo rabo de baleia
Quiçá despacho pra esquina
Ou fantasia de sereia

Havia encontrado o presente
Era um convite tão diferente
Que marcava um lugar e um dia

Leu cada palavra atentamente
Então aguardou ansiosamente
Pelo dia da festa da poesia.

Wasil Sacharuk

Inspiraturas