patrocinador

ACALANTO - acróstico




ACALANTO - acróstico

A vida se cala se ouve teu canto
Cantiga que nina criança atrevida
Adormece embalada pelo encanto
Liberta da morte e liberta da vida
Abraça bem forte e faz o sossego
Na voz que vibra no doce carinho
Traduz em versos todo o apego
Ouvir o canto e voltar pro ninho.

Wasil Sacharuk