Gotas de chuva - acróstico


Gotas de chuva - acróstico

Gotinhas encobrem o cimento
Ouço a música melancólica
Traço as rimas que invento
A paisagem tão bucólica
Sabotando o pensamento

Dias e dias de chuva passaram
E meus versos não brotaram

Calo e escuto o pingo lento
Horas vazias no meu canto
Uma outra chuva ou vento
Viajo atrás de um encanto
A noite vai com meu relento.

Wasil Sacharuk

Inspiraturas