Encaixotada

Encaixotada

Estava lá... na caixa
Perdida e solitária
Num canto do fundo
Ninguém mais viu...

Então era só dela
A posse arbitrária
Tal dona do mundo
E ela sorriu...

Havia um segredo
Perdido na história
E num mágico segundo
A caixa se abriu...

Fugitivos os males
Ficou ela, simplória
O poder mais fecundo
A esperança saiu...

Wasil Sacharuk

Inspiraturas